sábado, 20 de fevereiro de 2010

Tédio Criativo

Eu sofro de tédio criativo,

Se me enfado, componho
Se me irrito, desenho
Se estou triste, canto
Quando me calo, escrevo.

Não, não faço isso para impressionar.
Nem faço isso para me engandecer,
Faço isso pois me alegro,
Faço isso para me desprender.

Não me julgue por desocupada,
É involuntário, não tenho outra opção
Ou  pego o lápis e vou rabiscando,
Ou morro eu de aflição!

Ai de mim e do meu tédio,
Se não fosse a expressão!
Morreria toda aflita,
Sem achar uma solução.

Graças a Deus eu tenho um lápis,
E um papel para rascunho,
Para fazer nele o que bem quero
E me libertar com meu próprio punho.


                                          (E no final acabou-se o tédio! =D)

Nenhum comentário:

Postar um comentário